Personagens

Junho 24, 2014

Eu não sei quantos dos que passam por aqui são escritores, mas eu sou, hehe, então decidi fazer algo para me ajudar (e talvez ajudar quem está lendo) a criar personagens com mais personalidade e histórias mais interessantes. Ainda não sei muito bem como vou  fazer, então quem tiver sugestões pode mandar, mas acho que pode ser interessante analisar personagens que estão pelo mundo afora e ver o que eles podem nos ensinar. Para isso eu vou usar livros, filmes, séries e games.

Uma coisa que eu andei reparando é em como muitas personagens femininas dos sitcoms são parecidas entre si e em como isso é meio chato, afinal, mulher não é tudo igual, não é mesmo?

Então vamos lá, vou olhar as seguintes séries: Friends, New Girl e The Big Bang Theory  (antes que alguém ache que eu estou criticando essas séries, vou me adiantar e dizer que não é nada disso, eu adoro essas séries, só acho que é um desperdício de personalidade feminina usar sempre os mesmos traços de personalidade).

Agora, a lista das personagens que eu acho que são meio iguais:

Rachel (Friends)

Cece (New Girl)

Penny (The Big Bang Theory)

Todas elas possuem mais ou menos as mesmas características: consumistas (talvez a Cece não seja tanto), tendem a tirar sarro dos amigos, principalmente homens e em contra partida a maioria dos homens babam por elas e são retratadas como sendo burrinhas (no sentido de não saber coisas que a gente aprende na escola, mas sabem sobre coisas da vida), gostam de seguir a moda, se preocupam muito com a aparência, mas são sinceras e fiéis.

Eu gosto dessas personagens, mas cansa ver sempre a mesma coisa.

Agora, usando as mesmas séries, vamos ver personagens, também femininas, que são únicas, que dificilmente você encontra uma parecida em outra série.

Phoebe (Friends) – criativa, mística, honra seus princípios, aérea e extrovertida. 

Jess (New Girl) – carinhosa, se preocupa com os outros, não gosta de confrontos, sincera e autêntica.

Amy (The Big Bang Theory) – inteligente, racional, introvertida, carente e  entusiasmada.

Essas são só algumas características que eu me lembrei. Imaginem uma conversa entre elas? Se alguém se lembrar de personagens de outras séries que sejam parecidas com essas, pode falar.

Aqui está uma lista que pode ser interessante, é uma lista de defeitos que você pode usar no seu personagem. É só clicar aqui.

Por hoje é só, pessoal.

 

 

Anúncios

“The hardest thing about being a writer is convincing your wife that lying on the sofa is work.” –John Hughes

“A coisa mais difícil de ser um escritor é convencer sua esposa que ficar deitado no sofá é trabalho.” – John Hughes

Não só convencer a mulher, mas convencer todo mundo hehe

Via Go Into the Story

Dia 20

Janeiro 8, 2013

Faz tempo que não escrevo. Estive viajando. Fui conversar com meu pai…  agora eu tenho certeza de que nem todas as valquírias são más. Isso já é alguma coisa, acho…

Andei pesquisando sobre demônios e lobisomens, mas tudo o que eu encontro são informações que muitas vezes se desencontram. Mas eu descobri que a palavra demônio em outras línguas não significa algo ruim, o que explicaria as atitudes de Brianna, sem contar que ela disse que era meia humana. Cada religião vê os demônios de forma diferente, mas muitas acham que eles são espíritos, muitas vezes felizes e brincalhões, mas não maldosos.

Já sobre lobisomens a maioria das coisas que eu li parece mais lenda do que verdade, nenhuma delas se encaixam com aquilo que eu vi, quando ele começou a virar lobo, não tinha nenhuma lua cheia, aliás era dia! Ele também não me pareceu descontrolado, do tipo que mataria todos que visse pela frente, posso afirmar com certeza que ele sabia muito bem o que estava fazendo…

Por enquanto acho que é isso que tenho, espero ter mais informações em breve.

 

C.S.

Dia 1

Dezembro 20, 2012

Então, depois de tudo o que passei resolvi começar a escrever o que andei pesquisando. Ainda não tenho muita coisa, mas acho bom anotar por dois motivos: primeiro para que eu não esqueça e segundo para que alguém tenha algo em que se apoiar no futuro e não fique como eu perdido sem saber o que é real e o que não é.

Bom, eu segui o conselho de Brianna (que é meio demônio,  ainda não entendi como isso funciona, assim que souber eu vou escrever sobre isso). Ela disse que eu precisava ler mais e é isso que eu estou fazendo, só não sei o que exatamente devo ler, então estou lendo tudo o que encontro… mas isso não interessa para vocês. Obviamente a primeira coisa que procurei saber foi: o que ou quem são as Valquírias. 

Bom, pelo o que eu entendi elas são como anjos da morte, mas elas não saem em busca de qualquer alma, elas só recolhem as almas de heróis escolhidos para fazerem parte do exército de Odin. Algumas descrições dessas mulheres dizem que elas são seres que gostam da guerra e do sangue, outras dizem que elas são vulneráveis e vivem se apaixonando por humanos. Depois de conhecer Christa eu acho que acredito mais na primeira descrição, mas Brianna disse que não são todas assim, então talvez haja dois tipos…

Quando eu conseguir falar com meu pai, creio que isso ficará um pouco mais claro. 

Depois de ter tantos sonhos com o maldito besouro, também pesquisei sobre ele. Esse inseto pode ser ser encontrado em muitos hieróglifos egipcianos  e os pesquisadores atribuíram os seguintes significados para esse símbolo: transformação, o que passou a existir, modo de ser, aquele que passou a existir. Acho que isso explica por que tinha justo um besouro naquele baú. 

Por enquanto é só que tenho, mas voltarei em breve.

C.S.

 

Raios

Outubro 9, 2012

Raios: são os fogos de artifício dos Deuses.

Eu amo raios =D

 

O que você faz?

Julho 26, 2012

Você sai correndo em disparate. Ainda não consegue ver a lata de lixo, mas ouve o barulho do caminhão e corre ainda mais depressa, o caminhão está indo embora, mas você não desisti, corre e grita para eles pararem. Um dos lixeiros escuta seus gritos e corre na sua direção. Você tenta falar, já sem fôlego “Tem… a caixa… eu… preciso…”

“O quê? Uma caixa. Xi, já vai tá toda amassada. Desculpa.”

“Não… não tem im… importância.”

O homem não entende muito bem, mas vai correndo até o caminhão que se afasta devagar e pede para o motorista parar.

Você caminha até o caminhão e revira o lixo todo amassado, os outros lixeiros te observam. Finalmente você acha a caixa, está completamente deformada, nem pode mais ser chamada de caixa, mas sim de papelão amassado, porém, não importa. Você agradece com um grande sorriso, o lixeiro não sabe o que dizer e você volta para casa caminhando calmamente.

Ao chegar em casa você coloca a caixa em cima da mesa e vai tomar um copo d’água, quando volta para a sala não se surpreende ao ver a caixa montada e inteira em cima da mesa. Você sorri novamente, mas e agora? Será que deve dormir de novo? Como chamar o menino? Muitas dúvidas começam a surgir, e uma em particular, é muito perturbadora, será que deveria ter ido atrás da caixa?

O que você faz?

1. Volta para a cama.

2. Tenta contatar o menino através da caixa.

3. Liga para alguém.

 

Corredor

Maio 11, 2012

Você abre a porta com cuidado e dá uma espiada, mas a única coisa que consegue ver é um corredor tão branco quanto o quarto. Você dá um beliscão em você mesmo, não, não está sonhando, pois a dor é real. Saindo do quarto você pode ir para a direita ou para a esquerda. Para onde você vai?